terça-feira, 27 de setembro de 2011

Um dia, outro dia...



A vida é mesmo uma caixinha de surpresas...
Um dia tudo está ótimo, como um dia de sol sem nuvens num lindo céu azul
No outro, pode ter nuvens, pode ter chuva, pode ter tempestade e tudo parece preto e branco...
Um dia você tem muitas pessoas ao seu lado
No outro, talvez não tenha ninguém... tudo vai depender dos seus atos e das suas palavras.
Um dia você é influência, mas se não tomar cuidado, no outro dia você se torna o sujeito influenciado...
Um dia você sorri, dá gargalhadas até mesmo sem motivos...
No outro, você chora... talvez por ter machucado alguém, talvez por ter se machucado, talvez por ter se decepcionado, por estar frustado, ou simplesmente porque se sente sozinho.
Um dia você faz planos e cuidadosamente caminha tentando fazer com que eles aconteçam da maneira que você idealizou
No outro, eles simplesmente tomam outro rumo e tudo parece se tornar frustrante, ainda mais quando você sabe que o descuido foi seu e que a culpa é totalmente sua.
Um dia você transborda de felicidade...
No outro, não sabe o que fazer com tantas lágrimas e com tanta angústia.
Um dia você pede perdão...
No outro, você sente que precisa se perdoar - e as vezes isso é tão difícil!
Um dia você canta, fala e se expressa com tudo o que pode
No outro, o silêncio é tudo que você pode oferecer.
Um dia você se sente confiante
No outro, se sente extremamente decepcionado.
Um dia você sonha sem limites...
No outro, você acaba deixando tudo.
E no fim você percebe que momentos são únicos, que nada é pra sempre e que uma atitude sua, uma palavra proferida, pode destruir ou construir tudo.

Um comentário:

  1. O importante é ser você mesmo, todos os dias! Lindo texto amiga! ;D

    ResponderExcluir